Última hora

Última hora

França prolonga estado de emergência

Em leitura:

França prolonga estado de emergência

Tamanho do texto Aa Aa

O governo francês decidiu, esta manhã, prolongar por três meses, a partir de 21 de Novembro, o Estado de Emergência, aprovado no passado dia 8 perante a crise de violência que eclodiu nos subúrbios das grandes cidades. Ao fim da décima oitava noite de distúrbios, o conselho de ministros adoptou esta medida de excepção, como explicou o porta-voz de Jacques Chirac:

“É uma medida de protecção e preventiva. É uma medida necessária para dar às forças da ordem todos os meios necessários para impôr a calma definitivamente”. Os actos de destruição diminuíram em alguns locais mas as imagens da última noite dão conta do mau-estar que persiste nos bairros periféricos. Cento e quinze pessoas foram detidas na noite de domingo para segunda-feira. Os motins atingiram ainda 120 municípios em diferentes pontos do país. Segundo um balanço do ministério da Justiça, 375 pessoas já foram condenadas a prisão por envolvimento nos actos de violência e dos 480 menores detidos, 107 permanecem sob custódia. Em paralelo, a polícia judiciária lançou uma mega operação contra a economiasubterrânea em zonas chave, acreditando que estes meios instigam a violência para proteger as suas actividades.