Última hora

Última hora

França: Violência urbana acalma após 18 noites de tumultos

Em leitura:

França: Violência urbana acalma após 18 noites de tumultos

Tamanho do texto Aa Aa

A França viveu esta madrugada a 18ª noite de tumultos, mas a situação parece voltar à normalidade. Com a polícia a patrulhar as ruas e o recolher obrigatório decretado em mais de 40 cidades francesas, os distúrbios foram menos intensos e, ao contrário do que se passou inicialmente, deixaram de ter maior incidência nos subúrbios de Paris.

O número de automóveis queimados está também longe dos valores da semana passada e apresenta uma clara tendência decrescente. Toulouse, Lyon e Estrasburgo foram esta madrugada as cidades mais atingidas pela violência urbana. Em Toulouse, no sudoeste de França, um veículo em chamas foi lançado contra uma escola que ficou seriamente danificada. Em Lyon, algumas viaturas foram também consumidas pelo fogo e as autoridades proibiram quaisquer ajuntamentos no centro da cidade, palco no sábado à tarde de confrontos entre grupos de jovens e a polícia. Esta segunda-feira, cumprindo o prometido pelo ministro do Interior Nicolas Sarkozy, devem começar a ser expulsos os primeiros estrangeiros envolvidos nos tumultos. Hoje ainda, o conselho de ministros vai avaliar a eventual prorrogação do estado de emergência, actualmente em vigor até ao próximo dia 20. Entretanto, o presidente da Comissão Europeia Durão Barroso reconheceu estar inquieto com a situação e propôs colocar à disposição da França uma verba de cinquenta milhões de euros para fazer face à crise dos subúrbios nas localidades mais severamente atingidas.