Última hora

Última hora

Itália: Habitantes dos vales alpinos opõem-se a TGV entre Lyon e Turim

Em leitura:

Itália: Habitantes dos vales alpinos opõem-se a TGV entre Lyon e Turim

Tamanho do texto Aa Aa

Cinquenta mil pessoas são esperadas hoje no Vale de Susa, nos Alpes italianos, para protestar contra a construção da linha de TGV entre Lyon e Turim.

Alegando questões ambientais, como o futuro dos lençóis freáticos e a presença de amianto nos locais sondados para a travessia, os autarcas da região apelaram a uma greve geral, para reclamar a anulação do projecto. A travessia ferroviária Lyon-Turim insere-se num dos programas prioritários de transportes da União Europeia e, para ligar as duas cidades, terá de ser construído um túnel de 53 km, cujos trabalhos de sondagem geológica que precedem a escavação estão a começar. O custo da ligação está avaliado em 12 mil milhões de euros, verba que deverá ser comparticipada em 50% pela União Europeia. Porém, a contribuição comunitária só vai atingir esse valor se a obra decorrer sem atrasos, como anunciou a coordenadora intergovernamental do projecto, Loyola de Palácio.