Última hora

Última hora

"Pinochet Africano", ex-presidente do Chade, foi detido

Em leitura:

"Pinochet Africano", ex-presidente do Chade, foi detido

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo presidente do Chade foi detido no Senegal.Hissène Habré estava refugiado em território senegalês desde 1990.O pedido de extradição está ainda a ser analisado pela justiça senegalesa.O mandado de captura foi emitido há dois meses na sequência de uma queixa de três cidadãos belgas de origem chadiana.

Reed Brody, da ONG americana Human Rights Watch, diz que é um grande dia em nome das vítimas de Habré. “Ele fugia aos crimes que cometeu, mas agora terá de prestar contas pelo que fez”. Hissène Habré chegou ao poder pela via das armas em 1982. O regime políticocaracterizou-se por uma forte repressão contra adversários, muitos terão sido perseguidos, torturados ou mesmo mortos. Em 1990, foi deposto pelos rebeldes fiéis a Idriss Deby, um dos generais e antigo colaborador de Habré, que é agora presidente do Chade. Uma comissão de inquérito, formada logo após a fuga de Habré há 15 anos, estimou que o número de vítimas mortais do regime terá ascendido a 40 mil, das quais quatro mil foram identificadas.Hissène Habré, também conhecido como o “Pinochet Africano”, tem 63 anos, e é acusado pela justiça belga de crimes contra a Humanidade.