Última hora

Última hora

A França deve conseguir a extradição de Rachid Ramda

Em leitura:

A França deve conseguir a extradição de Rachid Ramda

Tamanho do texto Aa Aa

O islamita argelino, Rachid Ramda, perdeu em Londres uma batalha judicial de 10 anos para evitar a sua extradição para França.

Dois juízes do Tribunal da Relação londrino rejeitaram o pedido de revisão do caso confirmando, assim, a extradição ordenada a 06 de Abril pelo ministro do Interior britânico, Charles Clarke. Ramda, de 35 anos, é acusado pelas autoridades francesas de ser o financiador dos atentados de 1995, em Paris, incluindo o que atingiu o comboio que serve a períferia da capital e que causou oito mortos e 150 feridos. Ao longo de uma década usou de todos os recursos para impedir esta extradição. Actualmente dispõe ainda de 14 dias para recorrer ao Supremo Tribunal que deve confirma, contudo, a decisão hoje tomada. A Justiça francesa emitiu quatro mandados de captura contra este argelino, três dos quais pela sua participação nos atentados de Paris. Na Argélia, Rachid Ramda foi também condenado à revelia à pena capital em 1993, por um atentado contra o aeroporto de Argel que fez nove mortos e 123 feridos.