Última hora

Última hora

Eleições no Egipto marcadas pela violência

Em leitura:

Eleições no Egipto marcadas pela violência

Tamanho do texto Aa Aa

No Egipto, a segunda fase das eleições legislativas decorre sob um clima de tensão que já degenerou em violência.

Um homem foi abatido este Domingo em Alexandria por um bando armadoque pôs fogo a vinte viaturas. As Organizações Não Governamentais acusam o partido nacional democrata do presidente Moubarak de intimidar os eleitores com a presença armada dos seu apoiantes à porta das assembleias de voto. A principal novidade na organização deste escrutínio é o uso de urnas transparentes. Há também uma maior presença de observadores internacionais. Em vários pontos do país, estalaram confrontos entre adeptos do partido no poder e a Irmandade Muçulmana, formação politica ilegal mas tolerada. Na primeira fase das eleições, o mais antigo movimento islâmico do mundo árabe obteve 34 assentos parlamentares. No parlamento anterior ocupava 17. A Irmandade Muçulmana apresentou-se em campanha sob o lema “O islamismo é a solução”.