Última hora

Última hora

Ucrânia: Revoluçao laranja um ano depois

Em leitura:

Ucrânia: Revoluçao laranja um ano depois

Tamanho do texto Aa Aa

Um ano depois da revolução, Kiev voltou a ser inundada por uma onda laranja.

Tal como há doze meses, a Praça da Independência foi invadida por milhares de ucranianos afectos à causa da revolução que permitiu ao país reintegrar o mapa político europeu. Há um ano o herói era o então líder da oposição, Viktor Iuchtchenko, sempre acompanhado por aquela que viria a ser primeira-ministra Julia Timochenko. No espaço de um ano, a Ucrânia passou a ter mais liberdade de expressao e, segundo o presidente, começou a haver uma concorrência política salutar. Mas também no último ano, o actual chefe de Estado perdeu popularidade de uma forma vertiginosa. Os problemas económicos e sociais nâo foram resolvidos com a celeridade esperada. Mesmo assim, centenas de milhares de ucranianos concentraram-se em Kiev. No ano passado, os manifestantes mobilizaram-se durante 17 dias para obter a anulaçao da vitória, considerada fraudulenta, do candidato do poder Viktor Ianukovitch.