Última hora

Última hora

Commonwealth pressiona UE sobre liberalização do comércio mundial

Em leitura:

Commonwealth pressiona UE sobre liberalização do comércio mundial

Tamanho do texto Aa Aa

A liberalização do comércio mundial é o grande tema da reunião da Commonwealth. O encontro começou hoje na ilha de Malta. Os 53 países, unidos em torno da coroa britânica, pretendem pressionar, sobretudo, a União Europeia (UE) em relação ao dossiê da agricultura para obter progressos na reunião da Organização Mundial do Comércio de Dezembro. O objectivo é cumprir a promessa de ajudar os países pobres.

Mas até domingo discutem-se também questões como o terrorismo. Na abertura do encontro, a rainha Isabel II afirmou que “uma acção colectiva e determinada pode ajudar a resolver outros desafios que não podem ser enfrentados individualmente, como o terrorismo, que ameaça todos e que atingiu directamente muitos dos países da Commonwealth”. Os líderes dos países da Commonwealth poderão debater quaisquer assuntos. Mas não vão faltar também as questões da imigração ilegal e dos direitos humanos. As reuniões da Commonwealth realizam-se todos os dois anos e baseiam-se em encontros informais. A organização representa 30% da população mundial, com um passado comum ligado ao Império britânico e com a língua inglesa como herança.