Última hora

Última hora

ETA apela à comunidade internacional para mediar resolução do conflito basco

Em leitura:

ETA apela à comunidade internacional para mediar resolução do conflito basco

Tamanho do texto Aa Aa

A ETA lançou esta quinta-feira um apelo à comunidade internacional para se envolver na resolução do conflito basco. Num comunicado distribuído à imprensa, a organização terrorista basca defende que uma solução negociada poderá surgir com a mediação das autoridades europeias e através do diálogo com os Estados espanhol e francês, algo que se esforça por conseguir.

Porém, Madrid já fez saber que, como condição prévia para negociar, a ETA tem de abandonar a luta armada e isso a organização não parece disposta a fazer. No comunicado, além de não anunciar uma trégua, a ETA exige o reconhecimento das nações basca e catalã pelo governo madrileno. A organização, por intermédio do ilegalizado Batasuna, manteve contactos com eurodeputados do Sinn Fein irlandês e com uma responsável democrata-cristã flamenga. A ETA não faz vítimas mortais desde Maio de 2003, mas por entre apelos ao diálogo e à resolução do conflito continua a semear o terror, como no último feriado do dia nacional de Espanha, quando o aeroporto de Saragoça teve de ser evacuado por ameaça de bomba. Dois lança-granadas foram encontrados nas imediações alguns dias mais tarde.