Última hora

Última hora

Governo espanhol afirma legalidade da escala de aviões dos Estados Unidos

Em leitura:

Governo espanhol afirma legalidade da escala de aviões dos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

A escala de aviões americanos em Espanha realizou-se no quadro da lei. A garantia foi dada diante do congresso pelo ministro espanhol dos negócios estrangeiros Miguel Angel Moratinos.

Estas declarações surgem na sequência de uma notícia da imprensa espanhola que afirmava que voos da CIA tinha feito escala em aeroportos espanhois e que, em alguns casos, transportavam presos para cadeias secretas dos Estados Unidos em vários países europeus.

O coordenador geral da Esquerda Unida, Gaspar Llamazares mostrou-se insatisfeito com as explicações do governo.

“O que está em causa, são os direitos humanos e a nossa soberania e não apenas as nossas boas relações com os Estados Unidos. O ministro espanhol dos negócios estrangeiros afirmou que o governo vai reforçar o controlo de aviões civis que sobrevoam ou fazem escala em território espanhol e frisou que Espanha é um dos raros países onde a justiça está a investigar o caso. Este escandâlo não toca apenas a Espanha. Notícias divulgadas pela imprensa referem que a CIA usou países como a Suécia, a Hungria, a Itália e a Roménia para deter ilegalmente e torturar presumíveis terroristas islâmicos. O ministro britânico dos negócios estrangeiros, Jack Straw, vai pedir a Washington explicações sobre o caso em nome da União Europeia. O conselho da Europa anunciou a realização de um inquérito sobre os alegados centros de detenção secretos da CIA na Europa. Mas nem todos os países, reagem da mesma maneira. Na Roménia, o ministro dos negócios estrangeiros, Rasvan Ungureanu, afirmou que não tinha tempo a perder com inquéritos sobre estas alegações.