Última hora

Última hora

Raptores de menina de 6 anos confessam abusos sexuais a diversas crianças

Em leitura:

Raptores de menina de 6 anos confessam abusos sexuais a diversas crianças

Tamanho do texto Aa Aa

O rapto da pequena Aurélia em Angers aparenta ser a ponta de um terrível icebergue. Dominique, o presumível raptor, e a sua mulher Alfreda confessaram ter molestado sexualmente diversas crianças com idades entre 3 e 12 anos, bem como tentado levar a cabo uma dezena de raptos de menores.

Os crimes tiveram lugar na casa do casal em Villedieu-La-Blouère, uma vila de 2 mil habitantes nos arredores de Angers. A procuradora Brigitte Angibaud explica a forma como tiveram lugar os crimes: “Aparentemente, em alguns casos, o casal propunha ao seu círculo de relações tomar conta de crianças e é neste quadro que tiveram lugar os abusos”. No domingo à tarde em Jallais, onde morava, Aurélia de seis anos foi raptada, enquanto andava de patins com a irmã.A rápida mediatização do sequestro e os apelos policiais à rendição levaram o casal a libertar a criança, aparentemente sem sinais de violência, numa localidade vizinha, após pouco mais de 24 horas de cativeiro.