Última hora

Última hora

Relatório da OMS revela números da violência contra as mulheres no Mundo

Em leitura:

Relatório da OMS revela números da violência contra as mulheres no Mundo

Tamanho do texto Aa Aa

A nível mundial, em cada 18 segundos uma mulher é maltratada e muitas não sobrevivem. Os números foram avançados na apresentação de um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS). No dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres, as iniciativas multiplicaram-se, à semelhança do ocorrido em Espanha.

Segundo o estudo da OMS, a violência sexual, física e psicológica sobre as mulheres é um fenómeno profundamente enraizado. O estudo, realizado em dez países, revela que no Japão a violência atinge 15% das mulheres interrogadas, enquanto na Etiópia o número sobe para os 71 por cento. Os números deixam entender que nos países ricos as mulheres têm mais possibilidades de sair das relações. Karine Bontemps, é francesa, conta que fugiu de casa porque o companheiro lhe bateu e a ameaçava, tinha medo não só por ela mas também pelo filho, pois em casa só se ouviam gritos. Em Espanha morreram este ano 56 mulheres. Em Portugal 33 foram assassinadas por maridos, namorados, ex-companheiros ou parentes do sexo masculino. Entre as cidades dos países ricos ou as aldeias dos países pobres, as consequências são iguais: a ONU chama a atenção para o elevado custo não só em termos individuais mas também para os sistemas de saúde e a sociedade em geral.