Última hora

Última hora

Ventos de democracia sopram a Leste

Em leitura:

Ventos de democracia sopram a Leste

Tamanho do texto Aa Aa

Os países que faziam parte do antigo bloco soviético formaram um grupo que visa a promoção da Democracia. O anúncio foi feito na Ucrânia, pelo presidente Viktor Iuchenco que garantiu que “ a organização não será anti-Rússia”.

Iuchenko reuniu 8 países do Báltico, do Cáucaso, dos Balcãs e da Europa de Leste – Estónia, Geórgia, Letónia, Lituânia, Macedónia, Moldávia, Roménia e Eslovénia. A iniciativa ficou baptizada como Comunidade da Escolha Democrática e os promotores asseguram que o objectivo não é hostilizar países terceiros. A ideia é que a nova Comunidade seja a base dos apoios aos países que querem amadurecer o sistema democrático ainda muito recente nalguns casos. Reforçar a cooperação regional, promover a democracia e defender os direitos do homem. A revolução laranja há um ano na Ucrânia e antes disso a revolução da rosa na Geórgia serviram de mote para arrancar com o projecto. O presidente americano já manifestou o seu agrado, o homólogo russo não, mas a oposição ucraniana já veio dizer que se trata de uma união regional pró-americana, que vai alargar a NATO a leste, em direcção à Rússia.