Última hora

Última hora

Cazaquistão: uma vitória mais de que anunciada

Em leitura:

Cazaquistão: uma vitória mais de que anunciada

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbaiev obteve 91,01% dos votos nas eleições presidenciais segundo os resultados anunciados pela Comissão Eleitoral. 8,6 milhões de cazaques foram chamados a um escrutínio em que o grande favorito era o chefe do Estado cessante, que dirige o país há 16 anos.

Com esta vitória esmagadora, Nazarbaiev deixa para trás o seu principal rival, o líder do movimento da oposição “Por um Cazaquistão Justo”, Jarmakhan Tuyakbai, que recolheu apenas 6,64% dos votos. Cinco candidatos perfilavam-se para a disputa de um mandato de sete anos à frente dos destinos do Cazaquistão e há já quem grite “fraude”. Trata-se de Tuyakbai, o presidente da câmara baixa do Parlamento, indigitado pela coligação da oposição e que, apesar de privado de acesso aos órgãos de comunicação social, reclama a liberalização do regime e uma travagem da corrupção. Defensor da estabilidade assente na prosperidade económica, conferida pelas importantes jazidas de petróleo e gás natural, Nazarbaiev tem a seu favor uma taxa anual de crescimento da ordem dos 10 por cento.