Última hora

Última hora

Iraque: duplo atentado suicida vitima dezenas de polícias iraquianos

Em leitura:

Iraque: duplo atentado suicida vitima dezenas de polícias iraquianos

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 36 polícias e recrutas iraquianos morreram e mais de 70 ficaram feridos no duplo atentado suicida, em Bagdade.

O ataque à Academia de Polícia foi reivindicado pela facção da Al-Qaida no Iraque, controlada pelo jordano Abu Mussab al-Zarqaui. O exército norte-americano tinha inicialmente atribuído o atentado a duas mulheres, mas confirmou mais tarde que eram homens. Um primeiro bombista imolou-se no exterior de uma sala de aula e, quando os polícias e recrutas se refugiaram dentro do edifício, eram esperados pelo segundo suicida, que accionou então o seu engenho. Entre os feridos encontra-se um empresário norte-americano. Este atentado tem lugar nesta recta final para as eleições legislativas de dia 15 do corrente mês e no quarto dia do julgamento de Saddam Hussein, que decorre na ultra-protegida Zona Verde da capital. O dia fica ainda marcado pelo rapto de um consultor de segurança norte-americano, divulgado através da cadeia de televisão Al-Jazira. O grupo armado que o sequestrou ameaça matá-lo dentro de 48 horas, se os Estados Unidos não libertarem os prisioneiros iraquianos.