Última hora

Última hora

De visita à Europa, secretária de Estado norte-americana clarifica polémica

Em leitura:

De visita à Europa, secretária de Estado norte-americana clarifica polémica

Tamanho do texto Aa Aa

Condoleezza Rice, que está na Ucrânia, clarificou a posição dos Estados Unidos em relação à tortura no âmbito da polémica internacional sobre a alegada utilização, pela CIA, de prisões secretas na Europa de Leste, onde suspeitos de terrorismo seriam torturados.

Manifestando algum cansaço neste seu terceiro dia de périplo europeu, a secretária de Estado norte-americana explicou, numa conferência de imprensa com o presidente ucraniano, Viktor Iuschenko, que as obrigações dos Estados Unidos, decorrentes da Convenção contra a Tortura – que proíbe o tratamento cruel e desumano e o tratamento degradante -, aplicam-se aos funcionários norte-americanos onde quer que se encontrem. Até agora, a administração norte-americana tinha apenas admitido a aplicação da Convenção contra a Tortura no território norte-americano, pelo que a declaração de Rice implica um maior compromisso de Washington perante as pressões da União Europeia e do Congresso norte-americano quanto à alegada tortura de prisioneiros pela Agência Central de Informações.