Última hora

Última hora

Europa "satisfeita" com explicações de Condoleezza Rice sobre CIA

Em leitura:

Europa "satisfeita" com explicações de Condoleezza Rice sobre CIA

Tamanho do texto Aa Aa

A Europa está “satisfeita” com as explicações de Condoleezza Rice sobre as actividades da CIA no velho continente. Pelo menos foi esta a garantia dada pelo chefe da diplomacia belga, Karel De Gucht, anfitrião da secretária de Estado norte-americana, num jantar que serviu também de preparação para a reunião da NATO esta quinta-feira, na qual o assunto vai novamente ser abordado.

Rice termina, em Bruxelas, um périplo europeu ensombrado pela polémica em torno dos voos e alegadas prisões secretas da CIA na Europa. O ministro dos Negócios Estrangeiros alemão confirmou que o assunto ainda não está encerrado, mas à entrada para o jantar também não esperava “grandes novidades”. A chefe da diplomacia norte-americana tinha antes garantido em Kiev, pela primeira vez duma forma explícita, que a Casa Branca “baniu” os maus tratos a prisioneiros no seu território ou no estrangeiro, uma mudança de política feita sob pressão da Europa e do Congresso norte-americano e que foi tornada pública ontem. A Europa parece digerir, com mais ou menos dificuldade, as explicações norte-americanas, até porque investigações mais profundas podem revelar que os governos europeus tinham conhecimento das actividades da CIA nos seus territórios e mantiveram sobre o assunto um silêncio comprometedor.