Última hora

Última hora

Guarda Civil detém sete suspeitos de financiamento de grupo terrorista argelino

Em leitura:

Guarda Civil detém sete suspeitos de financiamento de grupo terrorista argelino

Tamanho do texto Aa Aa

A Guarda Civil de Espanha deteve hoje, no Sul do país, sete pessoas, seis homens e uma mulher, por suspeitas de financiamento de terrorismo. De acordo com as autoridades, os detidos, cuja nacionalidade não foi divulgada, angariavam fundos para o Grupo Salafista para a Prédica e o Combate, uma organização clandestina da Argélia afecta à al-Qaida.

A operação, que decorreu na província de Málaga, na região turística da Costa do Sol, acontece dez dias depois de terem sido interpelados 11 presumíveis operacionais do GSPC, dos quais quatro permanecem detidos sob acusação de tentarem adquirir explosivos em troca de haxixe. Apesar de descartar, por falta de provas, a iminência de atentados em Espanha, o ministro do Interior, José Antonio Alonso, não baixa a guarda: “Continuamos alerta e evidentemente preocupados e prosseguimos a tarefa de prevenir e investigar qualquer rede desta natureza.” Ainda por confirmar, está o alargamento da operação de hoje a outras regiões meridionais espanholas, o que poderá ter conduzido a um total de onze detenções. No trabalho de angariação de fundos, os sete detidos confirmados dedicavam-se a diversos delitos como o roubo, a falsificação de documentos e cartões de crédito e o contrabando de veículos. A célula dava ainda guarida a terroristas em trânsito por Espanha.