Última hora

Última hora

Ante Gotovina chega a Haia para prestar contas à Justiça Internacional

Em leitura:

Ante Gotovina chega a Haia para prestar contas à Justiça Internacional

Tamanho do texto Aa Aa

O general croata detido quarta-feira na ilha espanhola de Tenerife, deixou esta manhã Madrid com destino à sede do Tribunal Penal Internacional para a ex- Jugoslávia. Num avião militar rodeado por elementos da Interpol o presumível criminoso de guerra que andou fugido à Justiça durante quatro anos partiu da base aérea de Getafe, no sul da capital espanhola.

Ontem um juiz comunicou-lhe as acusações legais de que é objecto e pelas quais poderá vir a ser condenado a prisão perpétua. O TPI acusa-o de ter planificado, instigado e ordenado em 1995, durante a guerra dos Balcãs, “a perseguição de pessoas, pilhagem de bens públicos e privados e a destruição de cidades e de aldeias sem motivo”. É também considerado responsável pelo massacre de mais de 150 civis sérvios e pela deportação forçada de outros 200.000 na região do Krajina, que foi ocupada pelos sérvios durante a guerra.