Última hora

Última hora

ElBaradei recebe Prémio Nobel da Paz

Em leitura:

ElBaradei recebe Prémio Nobel da Paz

Tamanho do texto Aa Aa

O laureado com o prémio Nobel da Paz desafia a comunidadade internacional a escolher uma de duas opções: ou a proliferação nuclear ou sobrevivência do Homem.

Foi nestes termos que Mohamed ElBaradei proferiu o discurso na cerimónia de entrega do Prémio, na Noruega, na presença da família real, um galardão atribuído também à Agência Internacional de Energia Atómica. ElBaradei recebeu o prémio das mãos de Yukyia Amano, representante do Conselho de Governadores, japonês, 60 anos depois da catástrofe provocada pelas bombas atómicas em Hiroshima de Nagasaki. ElBaradei pensa que é possível escapar à auto-destruição, por isso considera que as armas nucleares não devem ter lugar nas nossas consciências nem na nossa segurança. “É preciso assegurar que mais nenhum país adquira armas nucleares”, disse o dorector da AEIA. ElBaradei, é director da Agência de Energia Atómica desde 1997, é egípcio, tem 63 anos, é jurista e trabalhou ainda como diplomata. O galardão rende aos premiados perto de um milhão de euros. Mohamed Elbaradei anunciou que a parte que lhe cabe será doada a instituições de acolhimento de crianças no Egipto. A cerimónia, que decorreu no City Hall de Oslo, acolheu perto de mil convidados. Entre eles, artistas de Hollywood, políticos, músicos e outros candidatos ao Prémio.