Última hora

Última hora

Polónia abre investigações sobre aviões e prisões da CIA

Em leitura:

Polónia abre investigações sobre aviões e prisões da CIA

Tamanho do texto Aa Aa

O chefe de governo da Polónia anunciou a abertura de um inquérito sobre as alegadas detenções de supostos terroristas na Europa, por parte da CIA, bem como sobre a sobre a alegada existência de prisões secretas no velho continente.

Todos os dias surgem informações oficiosas na imprensa sobre o assunto. Um jornal polaco garante que há prisões secretas na Polónia, e que estão detidos ilegalmente terroristas suspeitos. Jornais norte-americanos revelam uma lista de presumíveis terroristas islâmicos detidos e interrogados nestes alegados centros de detenção secretos. O chefe de governo confirma a abertura de uma investigação para determinar a veracidade das suspeitas. Kazimierz Marcinkiewicz considera que o assunto tem de ser averiguado pois está a prejudicar a polónia. A imprensa revela também que a Alemanha poderá ser um dos centros das actividades da CIA na Europa. Na base da informação está a detenção do alemão de origem libanesa Khaled el-Mashri, em 2003, por agentes da secreta americana. A polémica está por isso longe de terminar, apesar dos esforços feitos por Condolleeza Rice para acalmar os dirigentes europeus. A secretária de Estado americana assegura que a tortura não é um método utilizado pela CIA nos centros de detenção.