Última hora

Última hora

Reviravolta na política israelita

Em leitura:

Reviravolta na política israelita

Tamanho do texto Aa Aa

O Ministro israelita da Defesa, Shaul Mofaz deixou o Likud para integrar o novo partido de Ariel Sharon. Inicialmente candidato à liderança do partido nacionalista anunciou hoje que se junta ao Kadima, chefiado pelo primeiro-ministro. O gesto de Mofaz é visto pela imprensa local como “uma bomba política” que coloca o ex- primeiro-ministro Benjamín Netanyahu e Silvam Shalom em competição pela direcção do Likud.

“Penso que agora será mais claro que haverá uma batalha entre mim e o senhor Netanyau e estou certo que com o apoio de todos serei eu o vencedor na próxima segunda-feira” comenta Silvam Shalom, actual ministro dos Negócios Estrangeiros. A decisão de Mofaz foi concretizada após Ariel Sharon lhe ter prometido que voltará a ocupar a pasta da Defesa se triunfar nas eleições legislativas de 28 de Março próximo. As últimas sondagens sobre as intenções de voto prognosticam a Sharon e ao seu novo partido uma vitória folgada.