Última hora

Última hora

População contente mas não satisfeita com acordo sobre TGV Lyon-Turim

Em leitura:

População contente mas não satisfeita com acordo sobre TGV Lyon-Turim

Tamanho do texto Aa Aa

Contentes mas não totalmente satisfeitos. A população do Vale de Susa, em Itália, ficou a conhecer este domingo o acordo obtido na noite anterior, entre governo e representantes locais, sobre a linha de TGV entre Lyon e Turim. O documento prevê o bloqueio das obras esté se conhecerem os resultados dos novos estudos de impacto ambiental.

Nilo Durbiano, presidente da Câmara de Vernaus, onde começa o polémico túnel ferroviário, considera a proposta positiva mas espera algumas alterações, como por exemplo, o estudo de alternativas ao actual projecto, apoiado pela União Europeia. Já foram embargadas as obras no túnel de ligação entre França e Itália, numa montanha que contém amianto e urânio, segundo os ambientalistas. A população receia pela sua saúde e há meses que multiplica os protestos. A tensão ficou ao rubro na última semana com a intervenção policial. O governo, através do ministro dos Negócios Estrangeiros Gianfranco Fini, diz que não vai abandonar o projecto mas por agora tenta pôr fim à tensão no vale. Até porque os Jogos Olímpicos de Inverno são em Fevereiro e a região contestatária situa-se no caminho para algumas das estruturas usadas na competição.