Última hora

Última hora

Fed sobe juros para 4,25%

Em leitura:

Fed sobe juros para 4,25%

Tamanho do texto Aa Aa

Sem surpresas, a Reserva Federal norte-americana decidiu esta terça-feira um novo aumento no preço do dinheiro. A taxa de juro de referência dos Estados Unidos foi aumentada em 25 pontos de base, dos 4 para os 4,25%.

Esta foi a penúltima reunião da Fed presidida por Alan Greenspan, que cede o posto, no final de Janeiro, a Ben Bernanke.

A série de subidas começou em Maio de 2004, quando a taxa de juro estava a um mínimo de várias décadas, a 1%, para fazer face à crise económica.

À medida que os sinais de retoma se foram fortalecendo, a Fed foi procedendo a aumentos no preço do dinheiro.

Se a subida nos juros não é uma surpresa, os analistas estão agora de olhos postos nos próximos discursos de Greenspan e na tendência que a Fed vai evidenciar ao longo dos próximos tempos.

Muitos consideram que estes 4,25% são já um nível considerado neutro, ou seja, que ao mesmo tempo sustém o crescimento económico e combate a inflação.

Uma taxa de juro demasiado alta pode prejudicar o consumo e dar menos dinheiro ao Pai Natal, o que os economistas não querem. Este ano, a época de compras de Natal está a correr bem, apesar do dinheiro mais caro.