Última hora

Última hora

Iraque em contagem decrescente para as eleições

Em leitura:

Iraque em contagem decrescente para as eleições

Tamanho do texto Aa Aa

Sem movimento e altamente vigiada, Bagdade espera com ansiedade as eleições que decorrem esta quinta-feira no Iraque. As forças de segurança iraquianas e norte-americanas multiplicam os postos de controlo, o trânsito está bastante condicionado e as fronteiras terrestres e os aeroportos foram encerrados.

Entre estritas medidas de segurança, as assembleias de voto ultimam os preparativos para o escrutínio que distribuirá os 275 assentos do Parlamento iraquiano. Sunitas e xiitas elegem amanhã o primeiro governo definitivo desde a queda de Saddam Hussein. O presidente iraquiano, Jalal Talabani, apelou à “participação activa” naseleições, expressando a sua “confiança na importância deste escrutínio e dos seus resultados”. Talabani pediu ainda ao povo iraquiano para fazer de quinta-feira “um dia de unidade nacional e de triunfo sobre o terrorismo”. Os emigrantes iraquianos começaram ontem a votar, em assembleias de voto instaladas em 47 cidades de 15 países diferentes, como Holanda, Estados Unidos ou Jordânia. Doentes, detidos e membros das forças de segurança votam já desde segunda-feira. Os analistas apontam unanimemente para uma taxa de participação bastante elevadanestas eleições.