Última hora

Última hora

Inaugurado oleoduto que liga Cazaquistão à Rússia

Em leitura:

Inaugurado oleoduto que liga Cazaquistão à Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez na história, o petróleo de uma antiga república soviética está a ser transportado para a China através de um oleoduto.

Foi oficialmente inaugurado o dispositivo que transporta o petróleo do centro do Cazaquistão até à região de Xinjiang, no nordeste da china. Numa fase inicial, vão passar por aqui 10.000 toneladas diárias de petróleo.

As autoridades de Pequim esperam que este seja um primeiro passo para ligar o mar Cáspio à China. No entanto, essa última etapa está dependente da participação da Rússia.

Há ainda um troço do percurso que é feito de comboio, mas essa falha deve ser colmatada em 2011.

O oleoduto tem 960 quilómetros de comprimento e uma capacidade para transportar o equivalente a 210.000 barris de petróleo por dia.

O custo do projecto está orçado em 672 milhões de euros.

A obra traz uma vantagem importante para a Companhia Nacional Chinesa de Petróleo, que recentemente comprou a PetroKazakhstan, uma empresa canadiana que explora o petróleo cazaque.

Com o oleoduto, a companhia vai começar a bombear directamente para a China o petróleo dos poços que possui no Cazaquistão.

A China tem vindo a afirmar-se como um dos maiores consumidores de petróleo, a nível mundial. O aumento da procura chinesa é um dos grandes motores da explosão dos preços do petróleo dos últimos anos.