Última hora

Última hora

Reunião da OMC rodeada por milhares de activistas anti-mundialização

Em leitura:

Reunião da OMC rodeada por milhares de activistas anti-mundialização

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de cinco mil activistas anti-mundialização participam no protestos que marcam o encerramento do encontro da OMC, em Hong-Kong. Consideram que a liberalização do comércio mundial não vai beneficiar, como prometido, os países pobres mas apenas os ricos.

Face aos incidentes violentos de ontem, a polícia foi obrigada a repensar e reforçar o dispositivo de segurança, não tolerando a miníma alteração ao percurso autorizado. Para além dos slogans anti-OMC ouvem-se hoje também apelos à libertação das 900 pessoas detidas ontem aquando do mais violento protesto da semana. Mais de 110pessoas ficaram ligeiramente feridas, incluindo dezenas de agentes das forças de segurança. A maioria dos feridos e dos detidos são agricultores sul-coreanos que foram a Hong-Kong chamar a atenção para a sua ruína devido à liberalização do mercado do arroz.