Última hora

Última hora

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, dirigiu-se este domingo à noite ao país, num discurso centrado sobre a situação no Iraque

Em leitura:

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, dirigiu-se este domingo à noite ao país, num discurso centrado sobre a situação no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Bush afirmou que entendia as dúvidas dos americanos sobre o custo e o rumo da guerra mas voltou a recusar uma retirada antecipada das tropas.

O presidente destacou também o sucesso das eleições legislativas de 15 de Dezembro no Iraque e insistiu que, ao contrário do que se diz, no terreno a guerra estava a ser ganha. “Alguns olham para os desafios no Iraque e concluem que a guerra está perdida e não justifica que se gaste nem mais um tostão, nem mais um dia. Eu não acredito nisso. Os nossos dirigentes militares também não. As nossas tropas no terreno que carregam o fardo e fazem os sacrificios não acreditam que a América perdeu. e nem sequer os terroristas acreditam nisso. Sabemos que eles sentem a corda ao pescoço e temem a implantação da democracia no Iraque”, disse o presidente dos Estados Unidos. Bush apelou largamente ao patriotismo e espirito de missão dos americanos numa altura em que a opinião pública americana se mostra muito crítica em relação à guerra no Iraque. Já morreram 2516 soldados desde Março de 2003. Mas o presidente norte-americano alega que sair antes de tempo do território tornaria o terrorismo ainda mais perigoso.