Última hora

Em leitura:

Alemanha expulsa membro do Hezbollah


mundo

Alemanha expulsa membro do Hezbollah

A Alemanha reconhece a libertação e expulsão para o Líbano, na semana passada, de um membro do Hezbollah condenado a prisão perpétua pela morte de um americano. Esta terça-feira, a porta-voz do Ministério da Justiça, Eva Schrimerer, afirmou que a libertação ocorreu após a revisão do caso, esperando acabar os rumores sobre uma alegada troca de Mohammed Ali Hammadi pela refém alemã no Iraque, Susanne Osthoff.

Para o governo trata-se de um rumor absurdo, pois Hammadi cumpriu o mínimo de 19 anos de prisão estabelecido pelo juiz, podendo assim pedir a liberdade condicional. O que aconteceu. Em todos os casos, esta expulsão ameaça arrefecer as relações entre Berlim e Washington, que a nova chanceler tenta melhorar. Os Estados Unidos reclamavam a extradição de Hammadi pelo homicídio de um militar americano durante o desvio do avião da TWA, em Beirute, em 1985. Hammadi foi detido em 1987 e condenado dois anos depois.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Processo de massacre de Srebrenica começa a ser julgado