Última hora

Última hora

Netanyahu vence eleições no Likud

Em leitura:

Netanyahu vence eleições no Likud

Tamanho do texto Aa Aa

Está confirmada a radicalização do Likud. Benjamin Netanyahu venceu as eleições internas do partido que tem dominado a vida política de Israel desde 1977.

Netanyahu é contra a retirada de israelita da Faixa de Gaza encetada por Ariel Sharon e no seu discurso pós-eleitoral afirmou que “pretende devolver o Likud a si próprio para depois conquistar a liderança do pais.” Benjamin Netanyahu triunfou com 44% dos voto, graças ao apoio dos ultranacionalistas. Mais moderada, a facção de Silvan Shalom obteve apenas 33%. Shalom declarou que vai trabalhar em prole do Likud, acabando com as especulações que apontavam para a sua deserção para o recém-fundado Kadima de Ariel Sharon. O actual primeiro ministro demissionário abandonou o Likud, face à crescente oposição à política que defende para o conflito israelo-palestiniano, nomeadamente a retirada dos territórios ocupados. Sharon apresentou demissão do cargo de primeiro-ministro e depois fundou o partido Kadima, que neste momento lidera as intenções de voto nas eleições legislativas antecipadas de 28 de Março. O Likud caiu na popularidade. Neste momento é a terceira força política depois do Kadima e do Partido Trabalhista de Amir Peretz.