Última hora

Última hora

Reconstrução avança na Indonésia

Em leitura:

Reconstrução avança na Indonésia

Tamanho do texto Aa Aa

Na Indonésia, o primeiro aniversário do tsunami foi sentido de forma muito especial, uma vez que este foi o país mais atingido.

Foi com um minuto de silêncio que o presidente Bambang deu início às cerimónias de homenagem das vítimas, às 8h16 locais – o momento exacto em que as vagas atingiam a província de Aceh, a 26 de Dezembro do ano passado. A mesquita de Banda Aceh foi, na altura, o único edifício a ficar de pé numa área de várias centenas de metros. Hoje, os vendedores aproveitam para fazer algumas rupias com fotos da altura, mas a imagem que elas mostram pertence ao passado. Hoje, grande parte da cidade está reconstruída. No entanto, nem tudo foi fácil. Diz Razali, proprietário de terrenos, “foi preciso ultrapassar alguma burocracia para que reconhecessem o que é nosso e demorou algum tempo até podermos levar as coisas a bom termo”. Os trabalhos de reconstrução devem acelerar-se no próximo ano e vão aplicar uma grande parte dos mais de 10 mil milhões de euros que foram recolhidos em operações de solidariedade. Cerca de três terços das 230.000 vítimas mortais do tsunami registaram-se na província de Aceh.