Última hora

Última hora

Dia decisivo para as negociações russo-ucranianas sobre o gás

Em leitura:

Dia decisivo para as negociações russo-ucranianas sobre o gás

Tamanho do texto Aa Aa

Moscovo e Kiev têm hoje de uma última oportunidade para conseguirem um acordo sobre o aumento do preço do gás. O ministro ucraniano da Energia encontrou-se com o seu homólogo russo, ontem, em Moscovo sem conseguir qualquer avanço.Em causa está o aumento do preço do gás que a Ucrânia recebe da Rússia em troca da passagem do gás russo para a Europa através dos gasodutos ucranianos.

Se o diferendo não for sanado Moscovo ameaça fechar as torneiras já a partir de 1 de Janeiro. A Ucrânia tinha respondido à pressão com outra ameaça: aumentar o aluguer da base de Sebastopol na Crimeia, onde está instalada a frota russa. Kiev pondera pedir a intervenção de Washington para resolver o conflito recorrendo ao memorando assinado em 1994 entre os Estados Unidos a Grã-Bretanha e a Rússia, que impede pressões económicas passíveis de porem em causa a sua soberania. A Gazprom defende que a soberania da Ucrânia não está em perigo o problema é apenas uma guerra comercial para passar o preço do gás dos 50 para os 230 dólares por mil metros cúbicos.