Última hora

Última hora

Palestinianos manifestam-se contra rapto de britânica

Em leitura:

Palestinianos manifestam-se contra rapto de britânica

Tamanho do texto Aa Aa

O descontentamento pelo sequestro da britânica Kate Burton, coordenadora internacional da organização de direitos humanos palestiniana al-Mezan, materializou-se numa manifestação pacífica na cidade de Gaza.

O rapto ocorreu ontem quando Kate Burton, de 24 anos, mostrava aos seus pais a região em torno de Rafah, no Sul da Faixa de Gaza. O sequestro dos três cidadãos britânicos foi reivindicado pelos Panteras Negras, uma facção armada ligada ao movimento Fatah. Juntamente com diplomatas britânicos, as autoridades palestinianas encontram-se a negociar com os raptores. Acredita-se que o caso pode ter um desfecho feliz nas próximas horas. Jhada Snunu, colega de Kate Burton, afirmou que a escocesa “trabalhava em prol de palestinianos detidos em Israel e outros prisioneiros, tentando garantir assistência nas prisões.” Este incidente é mais um a juntar-se aos raptos que têm colocado em causa os esforços do presidente Mahmoud Abbas para estabelecer ordem na Faixa de Gaza. Na maioria dos casos, os autores dos sequestros pretendem trabalho no seio das forças de segurança palestinianas, libertação de familiares presos ou ver resolvidos outros assuntos pessoais.