Última hora

Última hora

Neve e frio fustigam Europa

Em leitura:

Neve e frio fustigam Europa

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade de Florença recebeu mais uma atração turística para além da arte e da história. Há mais de 20 anos que não se via nada assim. A neve surpreendeu turistas e habitantes, tudo e todos.

Na Alemanha, onde o manto branco chega todos os anos, um acidente rodoviário matou uma pessoa e feriu outras sete, numa altura em que ainda muita gente regressa a casa depois das férias de Natal. Em França mais de metade dos quase cem departamentos estão em estado de alerta. A neve e o frio mostram-se impiedosos. Para além dos acidentes rodoviários há registo de duas mortes entre os sem abrigo. Na Dinamarca o manto branco surpreendeu um camião de transporte, que na altura levava quase mil leitões. O veículo saíu da estrada, os animais escaparam para o asfalto, causaram o caos, trezentos porquinhos morreram. O frio atinge principalmente a Europa central e do norte. Vários aeroportos de várias capitais ou principais cidades foram temporariamente encerrados, as ligações ferroviárias suspensas ou obrigadas a reduzir as velocidades. Da Finlândia ao Reino Unido passando pela Polónia, Croácia ou Bélgica as temperaturas desceram abaixo dos dez graus negativos.