Última hora

Última hora

Confirmada libertação de diplomata alemão

Em leitura:

Confirmada libertação de diplomata alemão

Tamanho do texto Aa Aa

Acabou da melhor maneira o sequestro do antigo secretário de Estado dos negócios estrangeiros alemão Juergen Chrobog e da sua família.

Chrobog, a mulher e os três filhos foram raptados no Iémen, na quarta-feira, por uma tribo local quando participavam numa excursão à região de Shabwa, no leste do país. O chefe da diplomacia alemã confirmou a boa notícia. Frank-Walter Steinmeir afirmou que “é sempre bom começar o ano novo com algo positivo” e depois anunciou que Chrobog e a família “estão em segurança”. Já as autoridades de Sanaa revelaram que quatro pessoas foram detidas, alegadamente implicadas no caso. A motivação do rapto prendia-se com questões internas do país. Os alegados sequestradores pertencem à tribo al-Abdalá e exigiam a libertação de 5 membros do clã, por diversos crimes, incluindo assassínio. Nos últimos 15 anos, no Iémen, verificaram-se raptos de turistas por parte de tribos locais. Neste caso, por engano ou não, os sequestradores tiveram como alvo um diplomata que já foi embaixador no Estados Unidos e liderou a resolução da crise dos 14 reféns no Sahara argelino, em 2003.