Última hora

Última hora

Espanha prepara-se para aplicar legislação antitabaco

Em leitura:

Espanha prepara-se para aplicar legislação antitabaco

Tamanho do texto Aa Aa

Começa a recolha dos cinzeiros a poucas horas da entrada em vigor da lei antitabaco em Espanha, a partir de amanhã a mais restritiva da União Europeia.

O governo de Madrid aprovou o pacote legislativo no passado dia 15 e prepara-se para o fazer aplicar, regulando o consumo, a venda, o armazenamento e a publicidade ao tabaco. Assim, passa a ser proibido fumar em todo o tipo de recintos fechados e locais públicos, bem como nos locais de trabalho. Em bares e restaurantes, a interdição aplica-se em todos os estabelecimentos com mais de cem metros quadrados, que, caso queiram, poderão preparar instalações para fumadores. Nos estabelecimentos mais pequenos, tem de se anunciar à porta se é permitido ou não fumar. As multas para as infracções variam entre os 30 e os 600 mil euros, mas a principal questão é se as autoridades vão conseguir fazer cumprir a nova legislação. A avaliar pelo aumento das vendas de curas antitabaco, a população parece disposta a acatar a medida. Na Bélgica, a partir de amanhã, passa também a ser proibido fumar nos locais de trabalho. Uma proibição já em vigor em um terço das empresas belgas, mas que ainda encontra algumas resistências. Um fumador inquirido considera que “há algo que desaparece na vida. Digamos que é algo de que vou ter saudades, porque quando tínhamos um problema que nos incomodava, servia de escapatória para nos concentrarmos no trabalho.” Caso queiram contornar a proibição, as empresas belgas poderão criar salas de fumo, algo existente em 40% dos casos. Impossível vai ser continuar a fumar junto às casas de banho ou na entrada da empresa.