Última hora

Última hora

Tribo iemenita rapta turistas italianos

Em leitura:

Tribo iemenita rapta turistas italianos

Tamanho do texto Aa Aa

Cinco turistas italianos foram hoje raptados no Iémen por uma tribo local.Três deles foram libertados ainda durante a tarde.

De acordo com o embaixador italiano no país, Mario Boffo, os cidadãos transalpinos participavam numa viagem organizada por um operador turístico. O governo de Roma instaurou um gabinete de crise e está a tentar libertar os dois cidadãos ainda em cativeiro. O rapto teve lugar na região de Marib, 170 km a Leste da capital iemenita, e foi perpetrado pela tribo al-Giaham, que reclama a libertação de oito dos seus membros detidos pelas autoridades de Sanaa. Este novo sequestro ocorre apenas um dia depois de ter sido libertado um diplomata alemão. Jurgen Chrobog, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros no governo de Gerhard Schroeder, foi mantido refém durante 3 dias juntamente com a mulher e os três filhos. Depois de terem sido recebidos pelo presidente iemenita em Aden, os cinco cidadãos germânicos rumaram a Colónia.