Última hora

Última hora

Viena preside à União Europeia desde a meia-noite de 1 de Janeiro

Em leitura:

Viena preside à União Europeia desde a meia-noite de 1 de Janeiro

Tamanho do texto Aa Aa

A Áustria assumiu este domingo a presidência rotativa da União Europeia, por seis meses e tem como objectivo dar uma nova dinâmica ao clube dos 25 e enfrentar a crise criada pela rejeição do Tratado Constitucional em França e na Holanda.

Isto apesar do conhecido euroceptismio austríaco. O chanceler Wolfgang Schussel afirmou que é necessário descobrir as razões que estão por trás do mal estar dos cidadãos europeus. Para o tradicional concerto de novo ano convidou a chancelar alemã Angela Merkel, numa demonstração de amizade, mas quando questionado sobre as relações com Berlim recordou uma piada recorrente entre Chirac e Schroeder, que sempre comparavam os carros alemães e franceses, para dizer que é contra estas comparações, prefere falar de música. No ano de Mozart quer falar de orquestras e não de veículos com dois eixos e quatro rodas. A Áustria é um pouco mais complexa e exigente, acrescentou. Alguns viram uma crítica velada aos vizinhos França e Alemanha. Viena pretende relançar o debate sobre o futuro da Europa e sua Constituição assim como avaliar as condições de adesão da Roménia e da Bulgária ao clube europeu, agendadas para 2007. De fora deverá ficar a candidatura turca à União, à qual Viena se opõe. E a entrada da Áustria no novo ano não podia ser ao som de outro compositor senão Mozart.