Última hora

Última hora

Crise do Gás Natural resolvida, por agora

Em leitura:

Crise do Gás Natural resolvida, por agora

Tamanho do texto Aa Aa

A breve prazo o assunto está resolvido. A Europa tem o fornecimento de gás natural assegurado via Ucrânia. Mas as divergências com a Rússia, que já vêm de longe, não devem ficar por aqui.

A Rússia quis assumir uma posição de força e lembrar que é o maior produtor mundial de gás natural. Vinte e cinco por cento do gás natural consumido na Europa é fornecido pela Gazprom. A maioria dos países assegura que as reservas são mais do que suficientes. Para além disso, Estados como a Alemanha, a Itália, a Turquia ou França, têm outras fontes de fornecimento.Portugal não foi nem será afectado por esta crise já que a Nigéria e a Argélia asseguram a totalidade do fornecimento ao nosso país.A Ucrânia, em vésperas de eleições, acusa a Rússia de ter perdido a batalha ao ceder às pressões dos clientes europeus e ainda de querer prejudicar a economia ucraniana que se afastou de Moscovo depois da Revolução Laranja. A posição dominante da Rússia no sector do gás natural pode pois ser usada como arma.