Última hora

Última hora

Os ucrânianos consideram o corte de gás "uma provocação" da Rússia

Em leitura:

Os ucrânianos consideram o corte de gás "uma provocação" da Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

O braço-de-ferro entre Moscovo e Kiev por causa do preço do gás é visto como “uma nova guerra fria” e uma “arma política da Rússia. O retrato é traçado pela imprensa europeia que denuncia uma espécie de vingança contra a revolução Laranja de Iuchenko. Nas ruas de Kiev, há ucranianos que consideram o corte de gás russo “uma provocação sem precedentes”, “um plano para deixar a Ucrânia sem saída”.Outros defendem: “a administração russa devia ser mudada. Esta administração que explora os recursos naturais que serve apenas os oligarcas em detrimento dos povos russo e ucraniano que não ganham nada com isto”.

Para a Europa, de uma forma geral, esta demonstração de força vinda da Rússia deixa antever uma assustadora depêndencia energética que permite a Vladimir Putin um elevado grau de chantagem contra uma antiga república soviética que ousou a independência diplomática ao voltar-se para Europa de Ocidental.