Última hora

Última hora

Sharon sai do coma segunda-feira

Em leitura:

Sharon sai do coma segunda-feira

Tamanho do texto Aa Aa

Só esta segunda-feira de manhã é que Ariel Sharon vai começar a ser retirado do coma induzido. Os médicos decidiram prolongar por mais umas horas a anestesia a que o primeiro-ministro israelita está submetido.

No último boletim clínico, o director do Hospital Hadassah, informou que o estado de saúde de Sharon “tem melhorado continuamente”, mas não deixa de ser crítico. Para além de afirmar que Sharon vai progressivamente ser retirado do coma, a partir da manhã desta segunda-feira, a equipa médica avançou também que só depois do primeiro-ministro estar totalmente acordado é que será possível conhecer a extensão das lesões no cérebro, cujo hemisfério direito foi afectado. Sharon foi submetido este domingo a uma nova tomografia axial computorizada, que confirmou uma ligeira melhoria no estado de saúde. Um neurologista dum outro hospital afirma que se o primeiro-ministro israelita, “recuperar a consciência, o facto do lado esquerdo do cérebro não estar afectado (…) vai permitir-lhe falar, compreender e ter funções de memória”. De qualquer forma, segundo os médicos, está praticamente excluída a possibilidade de Ariel Sharon retomar as funções de primeiro-ministro. Sharon sofreu um acidente vascular cerebral na passada quarta-feira e encontra-se desde essa altura internado num coma induzido. Um novo boletim clínico está marcado para esta segunda-feira, cerca do meio-dia, hora de Lisboa. Nessa altura já deve ser possível conhecer de forma mais precisa as sequelas com que Ariel Sharon ficou do AVC sofrido na semana passada. Sharon tinha já estado internado no início do passado mês de Dezembro depois de sofrer um AVC menos grave do que o deste início de ano, mas que o fez passar uma semana internado.