Última hora

Última hora

Novo caso de contaminação na Turquia aumenta pânico em regiões afectadas

Em leitura:

Novo caso de contaminação na Turquia aumenta pânico em regiões afectadas

Tamanho do texto Aa Aa

Foi anunciado um possível novo caso humano de gripe das aves, uma jovem mãe de duas crianças, da localidade de Sivas, no centro-leste da Turquia. O que eleva para 13 o número de pessoas infectadas com a estirpe H5N1 no país. No entanto, Buxelas está satisfeita com as medidas implementadas por Ancara para fazer face à investida do vírus, mas há muitos cépticos.

Nos mercados, matadouros ou aldeias, os animais nem sempre são mortos de acordo com as normas de segurança em vigor. Em muitos casos, são colocados em fossas sem desinfectantes ou atirados para rios, contaminando a cadeia alimentar. Há outro problema que preocupa não só os turcos, mas o resto do continente: é a peregrinação muçulmana. Os animais são normalmente criados no Leste do país, onde se concentram as cinco regiões em alerta por causa do vírus. Com a peregrinação muçulmana, o hadj, os animais são levados para o Oeste do país, onde são abatidos nas cerimónias islâmicas. Os peritos temem que esses animais, não contaminados com o vírus, sirvam de transporte. O vírus pode encontrar o caminho inclusive para fora das fronteiras turcas. As brigadas de limpeza e de desinfecção estão activadas nas regiões onde a epizootia se confirmou. Para já não há informações que indiquem haver contaminação entre seres humanos.