Última hora

Última hora

Sharon regista melhoras a nível cerebral mas estado de saúde é ainda crítico

Em leitura:

Sharon regista melhoras a nível cerebral mas estado de saúde é ainda crítico

Tamanho do texto Aa Aa

Ariel Sharon não corre risco de vida mas o seu estado de saúde é ainda crítico, apesar das melhoras registadas, sobretudo, ao nível do funcionamento do cérebro. Todos os sinais vitais estão estáveis e os médicos esperam fazer, dentro de dias, uma avaliação das lesões irreversíveis do cérebro, o que é possível apenas depois de desaparecerem os efeitos de todos os medicamentos.

O novo boletim de saúde, avançado esta tarde pelo director do hospital Hadassah, dá ainda conta de que o primeiro-ministro israelita começou a mexer o braço esquerdo do corpo e os movimentos do lado direito são hoje “mais vigorosos”. Entretanto, o hospital tenta pôr fim à polémica sobre a alegada negligência dos médicos, que prescreveram anticoagulantes a Sharon após o primeiro AVC. O tratamento terá aumentado os riscos de hemorragia cerebral ligados a uma doença, que afecta os vasos sanguíneos que irrigam o cérebro, e que só terá sido diagnosticada depois. Segundo o professor Shlomo Mor Yosef, “os médicos do hospital Hadassah conheciam o diagnóstico cerebral de Ariel Sharon aquando da primeira hospitalização”, em Dezembro. À porta do hospital Hadassah, tal como em outros locais de Jerusalém, prosseguem as orações pela recuperação do primeiro-ministro israelita.