Última hora

Última hora

Produção da BP cai devido a furacões

Em leitura:

Produção da BP cai devido a furacões

Tamanho do texto Aa Aa

Os furacões que afectaram os Estados Unidos no Verão continuam a afectar as contas das petrolíferas, como provam os números da produção da britânica BP, relativos ao último trimestre do ano, divulgados agora.

A produção de petróleo esteve em queda, durante o trimestre, muito por culpa do fecho da refinaria de Texas City, encerrada depois da passagem do furacão Katrina.

No entanto, o grupo deve apresentar lucros sólidos. Prevê-se uma facturação de 308 mil milhões de euros relativa ao total do ano 2005, o que confirma a posição da BP como segundo maior grupo mundial do sector em termos de volume de negócios, atrás da norte-americana ExxonMobil. O terceiro lugar é disputado pela norte-americana chevron e pela anglo-holandesa Shell.

Os resultados devem ser publicados no próximo mês. Os lucros sólidos são causados pelos preços altos do petróleo. Em Agosto, o barril de crude chegou a atingir um pico nos 70 dólares nos dias seguintes à passagem do Katrina e manteve-se a rondar os 60 dólares durante o último trimestre do ano.

A plataforma de Thunder Horse, no Golfo do México, fechada por culpa dos furacões, deve retomar a produção na segunda metade deste ano.