Última hora

Última hora

Governo francês aprova projecto de integração de jovens imigrantes

Em leitura:

Governo francês aprova projecto de integração de jovens imigrantes

Tamanho do texto Aa Aa

A França recupera uma das palavras de ordem da revolução para atenuar os problemas de integração da comunidade imigrante no país.

O conselho de ministros aprovou o projecto de lei designado como “Igualdade de Oportunidades”, que propõe uma reforma na aprendizagem dos jovens e ainda um contrato de responsabilidade parental. Questões surgidas na sequência da explosão de violência em Novembro que se alastrou a todo o país.O ministro delegado para a Promoção e Igualdade de Oportunidades garante que se trata de um projecto que vai para além da simples integração. O documento prevê um pacote de iniciativas que pretende revolucionar o modo como os jovens mais desprotegidos começam a vida profissional. A aprendizagem será feita em duas fases, uma primeira mais teórica, uma segunda que permite assinar o chamado “contrato de aprendizagem” a partir dos 15 anos, um documento que mais não é do que uma garantia de formação profissional. As empresas terão de colaborar e por isso está previsto o fim de algumas responsabilidades fiscais. Os jovens desprivilegiados com mais de 25 anos terão acesso ao emprego em condições especiais.Mas também os pais não escapam às responsabilidades. Em caso de absentismo escolar, serão accionados os mecanismos do chamado “contrato de responsabilidade parental”. Quer isto dizer que se os filhos faltarem à escola durante um certo tempo, os pais poderão perder o abono familiar, entre outras sanções. A oposição, os sindicatos e várias associações já reagiram contra o projecto de lei de governo. O documento vai agora ser submetido ao voto do parlamento.