Última hora

Última hora

Gripe aviária: Turquia divulga novo balanço

Em leitura:

Gripe aviária: Turquia divulga novo balanço

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto na Roménia se espera pela confirmação de um caso humano de gripe aviária, na Turquia as autoridades vão divulgando novos balanços sobre a evolução da doença.

Para já, de acordo com o último comunicado do centro de crise do Ministério da Agricultura, o vírus h5n1 matou três crianças, de uma família de seis filhos residente numa aldeia próxima de Van, junto à fronteira com o Irão. Às três vítimas mortais juntam-se 15 pessoas actualmente infectadas com o vírus, o que significa um total de 18 casos desde o início da epidemia na Turquia em finais de Dezembro. Entretanto, a organização da ONU para a alimentação e a agricultura, a FAO, advertiu que a doença podre tornar-se “endémica” na Turquia e “ameaçar os países vizinhos”, qualificando de “crucial” a coordenação da luta contra o vírus. Esta ameaça está de facto a ser levada muito a sério pelos países da região, que estão a tomar uma série de medidas para evitarem uma eventual epidemia. Por exemplo, na Geórgia as autoridades distribuem panfletos informativos pelas populações das regiões próximas da fronteira com a Turquia. As medidas para combater a doença estão a ser discutidas em Tóquio numa conferência organizada pela ONU. Na reunião da capital japonesa, os vários peritos internacionais são consensuais sobre a necessidade dos serviços sanitários acelerarem os testes de detecção da doença e dos governos armazenarem medicamentos para limitarem as consequências de uma eventual epidemia.