Última hora

Última hora

Ministros do Likud abandonam governo israelita

Em leitura:

Ministros do Likud abandonam governo israelita

Tamanho do texto Aa Aa

Os quatro ministros israelitas do partido de direita Likud aceitaram as ordens de Benjamin Netanyahu e apresentaram as respectivas demissões, colocando um ponto final no curto braço-de-ferro com o líder do partido.

Estas demissões acontecem no mesmo dia em que o Likud realiza as primárias para estabelecer a sua própria lista de candidatos para as eleições legislativas de 28 de Março e algumas horas após uma primeira recusa dos quatro ministros de abandonarem o executivo. Um comunicado divulgado esta manhã indica que “o Likud não pode apresentar-se como alternativa ao poder enquanto estiver no Governo e aplicar a sua política”. As cartas de demissão dos quatro ministros do Likud serão efectivas 48 horas depois de serem apresentadas a Ehud Olmert, o vice-primeiro-ministro que assume as funções de primeiro-ministro interino desde a hospitalização de Ariel Sharon, há oito dias. Olmert, que ocupa também o cargo de líder do partido Kadima, criado por Sharon e dado pelas sondagens como grande vencedor nas eleições de Março, vai ter agora que encontrar novos nomes para os postos de ministro dos Negócios Estrangeiros, Educação, Saúde e Agricultura. A partir desta quinta-feira, os diversos partidos podem começar a entregar as listas de candidatos ao parlamento.