Última hora

Última hora

Troika europeia quer reunião de emergência da AEIA sobre o Irão

Em leitura:

Troika europeia quer reunião de emergência da AEIA sobre o Irão

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha, a França e o Reino Unido pediram hoje a realização de uma reunião urgente do Conselho de governadores da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) para debater a crise nuclear desencadeada pelo Irão. Pretendem que, desta reunião, saia um relatório que possa ser levado ao Conselho de Segurança da ONU e sejam estabelecidas sanções contra o Irão.

Os chefes da diplomacia alemã, francesa e britânica, Frank Walter Steinmeier, Philippe-Douste-Blazy e Jack Straw, assim como o Alto Comissário de Política Exterior e de Segurança da União Europeia, Javier Solana, concluíram que as discussões com o Irão chegaram a um ponto de não retorno. Razão pela qual, pedem ao Conselho de governadores que tenha isso em consideração. Douste-Blasy acrescentou que as propostas europeias devem ser apresentadas aos russos e aos chineses, assim como a toda a comunidade internacional, para reagirem todos em conjunto.. Solana, pelo seu lado, sublinhou que não há nenhum problema em relação ao povo iraniano e ao exercício dos seus direitos, nomeadamente o direito à escolha da energia nuclear, mas essa escolha deve ser feita com transparência. O Irão defende que a pesquisa é um direito que a República Islâmica do Irão partilha com os outros países signatários do Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares (TNP) e que o Ocidente não deve usá-lo com segundas intenções.