Última hora

Última hora

Alemanha e EUA defendem diplomacia para resolver crise iraniana

Em leitura:

Alemanha e EUA defendem diplomacia para resolver crise iraniana

Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel e George W. Bush estão de acordo. O Irão não pode dotar-se de uma arma nuclear e a questão deve ser tratada pela via diplomática. Na primeira visita oficial da chanceler alemã aos Estados Unidos, os dois líderes falaram também dos desacordos dos últimos anos, sobretudo no que toca à questão iraquiana.

“Falámos sobre o Iraque e, obviamente, temos os nossos desentendimentos sobre o tema. Foi um assunto muito difícil, nas relações dos nossos países, e percebo perfeitamente isso”, afirmou o presidente norte-americano, que acrescentou: “abordamos muitos assuntos. E a razão pela qual falámos muito é porque temos muita coisa em comum e há muitos temas que exigem a nossa cooperação.” Embora estejam de acordo sobre o princípio da luta contra o terrorismo, os dois dirigentes divergem nos métodos, como admite a chanceler. “Temos diferendos, como o assunto Guantánamo. Falámos de imensas coisas. Mas o que é importante é que temos uma relação na qual podemos falar de todos os problemas abertamente.” Angela Merkel espera abrir um novo capítulo nas relações entre a Alemanha e os Estados Unidos. Questionado sobre se a relação era melhor com o ex-chanceler Gerhard Schroeder ou com a nova chanceler alemã, Bush disse que o encontro com Merkel, na Sala Oval, tinha sido muito agradável e rematou: “Agora, vou convidá-la para almoçar.”