Última hora

Última hora

Eleições chilenas: Bachelet termina campanha em Santiago do Chile

Em leitura:

Eleições chilenas: Bachelet termina campanha em Santiago do Chile

Tamanho do texto Aa Aa

Michelle Bachelet escolheu Santiago do Chile para encerrar a campanha eleitoral da segunda volta das presidenciais. A candidata socialista, vencedora na primeira volta do escrutínio, continua a ser dada como próxima presidente chilena pelas sondagens.

De acordo com os resultados de um estudo de opinião divulgados no penúltimo dia de campanha, Bachelet deverá conseguir mais cinco por cento dos votos do que o seu rival Sebastian Piñera. Num ambiente de festa, a candidata da Concertação Democrática, no poder, afirmou estar pronta para ser a primeira mulher presidente do Chile e para trabalhar com todos os chilenos. Caso ganha as eleições, Michelle Bachelet será a primeira mulher presidente de um país da América do sul e apenas a quarta de um Estado da América latina. Valparaíso foi o local escolhido por Sebastian Piñera, que já foi alcunhado de Berlusconi chileno por ter feito fortuna em menos de 25 anos e por ser o proprietário da televisão privada Chilevision. No seu discurso de final de campanha, o candidato apoiado pela Renovação nacional, partido da direita moderada, e pela União Democrática, formação de direita ultra-conservadora, lançou duras críticas à sua rival e ao partido que ela representa de centro-esquerda, no poder desde o fim da ditadura, há 16 anos.